quinta-feira, 25 de outubro de 2012

A quem você têm assistido ?



“Não farás para ti imagem de escultura, nem semelhança alguma do que há em cima nos céus, nem embaixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não as adorarás, nem lhes darás culto.” Êxodo 20.4,5
Como posso aceitar dentro da minha casa algo que vai frontalmente contra um mandamento direto do meu Deus? Como posso aceitar algo que contrarie completamente a minha fé, ainda que venha embalado no papel colorido do entretenimento, com enredo engraçadinho e historinhas de amor?
“As imagens de escultura de seus deuses queimarás; a prata e o ouro que estão sobre elas não cobiçarás, nem os tomarás para ti, para que te não enlaces neles; pois são abominação ao Senhor, teu Deus. Não meterás, pois, coisa abominável em sua casa, para que não sejas amaldiçoado, semelhante a ela; de todo, a detestarás e, de todo, a abominarás, pois é amaldiçoada. Deuteronômio 7.25,26
Acho que está bem clara aqui qual deve ser nossa posição. Não dá para achar que é bobagem porque é apenas uma novela! Temos o DNA do nosso Pai, o que Ele abomina, também abominamos.
Jorge não existiu, foi baseado em uma lenda babilônica em que o deus Marduk mata Tiamat, representada por um dragão. Sei que muita gente o vê como exemplo de herói guerreiro, mas herói guerreiro foi Davi! Aquele menino que dispensou a armadura do rei e enfrentou um soldado adulto e bem armado de quase três metros de altura, com apenas a sua fé, uma funda e uma pedra certeira. Isso sim é herói! Isso sim é guerreiro!
Quando você liga a televisão, absorve o espírito do que assiste. Muitas pessoas deixarão entrar em suas casas uma entidade babilônica, sem saber. Com “Rei Davi” temos a história de um verdadeiro herói, um homem de fé, que desperta a nossa fé em Deus, e não em si próprio.
Ele escreveu: “Ainda que um exército se acampe contra mim, não se atemorizará o meu coração; e, se estourar contra mim a guerra, ainda assim terei confiança” Salmos 27.3
Tem noção do que significa isso? Leia de novo. Ele está dizendo que mesmo que um exército inteiro se acampasse contra ele, ele não teria medo, porque sabe que Deus é com ele! E se a coisa ainda piorasse e a guerra realmente estourasse, mesmo assim ele continuaria confiando em Deus! Agora imagine ter essa qualidade de fé! Isso sim faz a diferença, meu amigo! Não lenga-lenga religiosa, recheada de emocionalismo barato.
Quem é mais importante? Davi, o rei que agradou ao coração de Deus, ou Jorge, um deus pagão travestido de santo? Quem merece sua atenção? Quem é o verdadeiro exemplo?
Assistir a “Rei Davi” no horário da novela que saúda a abominação é uma belaoportunidade que temos de jogar uma pedra certeira na testa de Marduk e seu disfarce.
Quanto à Babilônia, Deus alerta:
"Sai dela, povo meu, para não serdes cúmplices em seus pecados..." Apocalipse 18.4
Vanessa Lampert

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog